0

Como você encara o desafio missionário? Qual a sua visão sobre missões? Podes tu ouvires o clamor das multidões, desgarradas de Deus, vivendo em miséria espiritual?
 
O mundo clama por Cristo, mesmo que em silêncio, mesmo que muitos defendam suas diferentes visões religiosas. Só Deus sabe o que estes que negam a salvação sofrem quando sozinhos em seus lares, em seus leitos.

 

O Brasil vive um momento de crise de identidade espiritual. O Brasil infelizmente tem se tornado um palco religioso, e isso mesmo em meio aos cristãos protestantes. O gospel tomou conta, mistificando o Evangelho com doutrinas não bíblicas, mas humanas. Deste modo, há um desafio - evangelizar o Brasil, ao invés de o tornar um país com um percentual maior de "evangélicos gospeis".

 

Mas por que falar do desafio missionário desta forma?

É necessário porque temos deixado de lado o amor pelas almas, temos desvalorizado o sacrifício de Jesus Cristo na cruz do Calvário para nos remir do pecado e temos valorizado as coisas terrenas. A igreja brasileira deixa de fazer missões genuinamente evangelísticas quando deixa o modo simples de pregar o Evangelho, viver o amor fraternal, viver em santidade, viver a Palavra de Deus.

 

Temos de tirar da cabeça essa imagem de que temos que arrebanhar multidões para denominação A ou B. Nossa meta deve ser a de ganhar almas para Jesus, levar os brasileiros a um encontro real com o Senhor Jesus Cristo como Salvador de suas vidas.

 

O desafio é: ganhar almas para Jesus - deixar de lado o desejo "religioso, preconceituoso, legalista", que , ao invés de atrair as almas pelo poder do Evangelho que transforma, as afasta de Deus.


O desafio é: menos modismos, mais Evangelho - vivemos um tempo em que heresias tem sido lançadas mesmo dentro de igrejas. Precisamos pregar o autêntico Evangelho, que exalta a Jesus Cristo, e mostra ao homem sua condição de pecador necessitado da graça de Deus manifesta em Jesus Cristo. Chega de invencionices, pregações cheias de antropocentrismo e pouca cristocentricidade, chega de malabarismos nos púlpitos e nenhum poder de Deus. (Rm 1.16)

 

O desafio é: atrair as pessoas a Cristo não pela placa da igreja, mas pela transformação do Evangelho em nossas vidas.

 

O desafio é: testemunhar com nosso modo de viver (Hb 12.1,2. O que adianta pregar se não vivemos o que pregamos? Voltemos imediatamente ao Evangelho, pois somente assim a mensagem da cruz será aceita: QUANDO AQUELES QUE A ANUNCIAM DE FATO, DEIXAREM CRISTO VIVER EM SUAS VIDAS.






0

Dia 08 de dezembro é feriado na cidade de Vassouras/RJ. Além de ser feriado, esta foi a data que Deus colocou em nossos corações para realizarmos um evangelismo na cidade, uma verdadeira blitz evangelistica, que partirá da Assembléia de Deus de Vassouras/RJ, Ministério Pr David E. Pereira, na manhã do dia 08 de dezembro. Este evento contará com a presença e atuação de jovens e adolescentes, bem como de todos os irmãos e irmãs em Cristo que desejarem ingressar nesta batalha pela conquista de almas na cidade de Vassouras. Interceda por todos que estarão envolvidos nesta operação de guerra espiritual, onde não precisamos de fuzil, nem metralhadora, mas unica e exclusivamente do poder de Deus através do Espírito Santo.

Deus vos abençõe, e desperte em vós o mesmo desejo que há em nós de compartilhar o Evangelho da Salvação em Cristo Jesus a todo homem necessitado de salvação.

0



CAMPANHA "FREE TO BELIEVE" DA MISSÃO PORTAS ABERTAS PELA LIBERDADE RELIGIOSA - ACESSE:  http://www.portasabertas.org.br/freetobelieve/




A Organização da Conferência Islâmica, que compreende 57 países, sendo a maioria de população muçulmana, apresentará mais uma vez a Resolução da Difamação da Religião na Assembleia Geral das Nações Unidas, no final deste ano.


Essa resolução:

- dá ao governo o poder para determinar quais visões religiosas podem ou não podem se expressar nesses países;
- dá ao Estado o direito de punir aqueles que expressam posições religiosas “inaceitáveis”, de acordo com o que eles acreditam;
- torna a perseguição legal;
- visa criminalizar palavras e ações consideradas contra uma religião em particular, nesse caso, o Islã.
- tem o poder de estabelecer legitimidade internacional para leis nacionais que punem a blasfêmia ou, por outro lado, proíbem críticas à religião.

Muitos países apoiaram essa resolução no passado, mas alguns agora estão mudando de ideia. Este ano, existe uma possibilidade real de que ela seja derrotada. E você pode ajudar. Está na hora de mudarmos isso.
Participe da petição global realizada pela Portas Abertas Internacional e una-se a milhares de cristãos ao redor do mundo. O abaixo-assinado será entregue às Nações Unidas em dezembro deste ano.
» Como posso ajudar?
Divulgue a campanha para outras pessoas, em sua igreja, escola, faculdade, trabalho, utilizando os recursos disponibilizados em nosso site. Faça o download de alguns recursos como vídeos, apresentação em powerpoint e arquivos para marca-página e adesivo. Além disso, você pode imprimir o abaixo-assinado quantas vezes quiser e distribuir para muitas pessoas.
Preencha seus dados no formulário, que funciona como um abaixo-assinado eletrônico e ajude a mudar a história da liberdade religiosa em muitos países





0



A cidade de vassouras está com visitantes ilustres até o fim deste mês. A convite da Igreja Metodista em Vassouras/RJ (Prª. Daniela), uma equipe da JOCUM (Jovens Com Uma Missão), da base de Curitiba / PR está em nossa cidade fazendo a obra de Deus, evangelizando crianças, jovens, adultos e idosos, bem como despertando a chama missionária por onde quer que os mesmos passem. Com estratégias orientadas pelo Espírito Santo, a equipe está espalhando as Boas Novas do Amor de Jesus Cristo pelas ruas de vassouras, sendo que inclusive houve, na Igreja Metodista, uma ação social promovida pela igreja e pela JOCUM, onde muitos foram beneficiados. Pessoas tem testemunhado como as peças teatrais evangelísticas tem impactado jovens nos colégios, havendo conversões a Cristo com lágrimas e arrependimento. 

A equipe nesta quinta feira, 28 de outubro de 2010, esteve visitando a Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Vassouras/RJ, presidida pelo Pr David Elias Pereira Houve a apresentação da peça "Balada", uma peça bem elaborada, onde os jovens missionários da JOCUM demonstraram como os demônios atuam em meio aos jovens, incitando os mesmos a se prostituirem, usarem drogas e bebidas, mas demonstrou também o poder libertador de Jesus Cristo, bem como seu amor incondicional a ponto de se entregar na cruz, ressuscitando e libertando os cativos do pecado, transformando-os com seu amor eterno.

O Pr Danilo Resende trouxe uma mensagem bíblica, sob o texto de 1 Co 13.1-3, enfatizando a necessidade de levarmos o amor de Jesus Cristo a todas as pessoas, estando dispostos a dar nossas vidas Àquele que nos amou primeiro. A mensagem foi uma conscientização missionária sobre a necessidade de evangelizar, independente da tribo, classe social ou estilo, se jovem ou adulto, devemos levar o Evangelho, apontar o amor de Jesus Cristo manifestado na cruz do Calvário, onde Ele morreu em nosso lugar.

Ao fim da mensagem, o Pr Danilo fez um apelo, convidando aqueles que desejam de fato romper a barreira do preconceito, do medo, e se entregar ao Senhor Jesus para realizar a obra de evangelização. 

Após o encerramento da reunião, pude ter a honra de entrevistar o jovem Guilherme, de 19 anos, que é membro da equipe da JOCUM, há 4 meses na ETED que está em nossa cidade. Pudemos conversar durante alguns minutos e ele se mostrou feliz em cumprir o chamado de Deus em sua vida. "Fomos recebidos pela Igreja Metodista de vassouras, que nos convidou. Para virmos a Vassouras/RJ, primeiro separamos um mês de oração intercessória". Ao perguntar sobre a experiência de estar em Vassouras/RJ evangelizando, ganhando almas, ele falou sobre a importância de um propósito com Deus que faz a diferença: "Consagre a 10% de tudo o que tem ao Senhor, e Ele prosperará", sendo que falou que este propósito deve estar incluindo a cidade de Vassouras.

 Ainda sobre a estadia em nossa cidade, Guilherme disse que Deus deu uma visão a uma das jovens, na qual o Senhor mostrou que "a seara já está branca e pronta para ser colhida", ou seja, é um tempo de colheita, de ganhar almas na cidade de Vassouras/RJ. "A gente está aqui para semear, e a Igreja para regar. A responsabilidade das almas é da Igreja (discipular). Nada disso é possível sem o amor", afirmou Guilherme.  Quanto ao chamado missionário, ele salientou que "Se você tem um chamado de Deus, ele tem que transformar sua vida, de dentro para fora, e após transformar o mundo." Quanto ao discipulado que o jovem passa na JOCUM, Guilherme nos disse que "o discipulado é um tempo de conquista de Deus; é um tempo de muitas experiências, como também de ensinamento". 

Finalizando, Guilherme falou sobre sete áreas que devemos focar quanto ao ministério de evangelismo entre jovens: 

1) Esporte
2) Artes
3) Entretenimento
4) Educação
5) Saúde
6) Comunicação
7) Tecnologia

Para os jovens que desejam conhecer um pouco mais da JOCUM, acessem o site: http://www.jocum.org.br/

1

Este post não terá a mesma alegria e efusão espiritual como os de antes, pois é um post escrito após lágrimas de tristeza, ao constatar que a rádio da qual fui locutor junto ao programa da Assembléia de Deus Ministério do Alto, Paz no Vale, cujo Pr Everton Santana, meu grande amigo, no Momento Missionário, foi retirada do ar. Seus fundadores, Marcão e Márcio, homens de Deus e amigos especiais, homens que receberam de Deus a responsabilidade em zelar pelo Ministério Lider FM. Chorei após ver que o boato era real. Essa rádio missionária, que conquistou milhares de ouvintes pelo Portal Lider Net, que levou a Palavra de Deus a muitas vidas necessitadas, hoje está fora do ar. Mas convoco a todos os leitores do Missão no Vale a juntos, entrarmos numa campanha de oração pelo Ministério Lider Fm, essa rádio que abriu portas para tantos cantores, pastores, pregadores, ministérios. Agora é tempo de nos unirmos e pedirmos a Deus para que a Lider Fm possa novamente estar no ar o mais rápido que imaginemos...oremos pela democracia nos meios de comunicação...oremos para que o Senhor Jesus providencie a manteneção da liberdade em proclamar as Boas Novas do Evangelho no Brasil. 

Essa é a minha contribuição aos meus amigos da Lider Fm. Saibam que estarei a disposição para auxiliá - los no que for preciso.

Atenciosamente

Wallas Saraiva

Enfermeiro, Palestrante e Pregador do Evangelho.

0

As promessas de Deus para a redenção da humanidade são, na verdade, a introdução a convocação do Evangelismo. Vejamos :

- Deus promete que virá um que esmagará a cabeça da serpente, a saber, satanás (Gn 3.15)

- Jesus é a semente da mulher, descrita em Gênesis (Jo 10.10; Jo 3.16; Gl 3.29; Gn 12.3)

- Assim como Israel foi comissionado após o Êxodo do Egito (Ex 19.5,6), assim todos os que são libertos do cativeiro são convocados para uma missão: a evangelização mundial.

Para isso, é necessário que:

1º. - recebamos a graça de Deus, enchendo-nos do Espírito Santo, o Consolador prometido por Jesus Cristo;
2º. - espalhemos a verdade de Deus através do Evangelho, desde nossa cidade até as mais distantes partes da Terra;

Motivações para o Evangelismo

A - A promessa de Deus ao seu Messias - as nações (Sl 2.8);
B - Ação compromissada com a nossa geração (Pv 24.11,12)
C - Anunciar  as Boas novas destemidamente (Is 40.8-11)
D - Seu campo , uma promessa de colheira (Mt 13.37,38)
E - O Evangelho será pregado antes de vir o fim a todos os povos (Mt 24.14)
F - Fomos comissionados sob o chamado do Rei Jesus (Mt 28.18-20)
G - Fomos comissionados no espírito de servos, como o Senhor Jesus Cristo (Mc 16.15-18)
H - Fomos comissionados para ir com a compaixão conforme o Senhor Jesus nos ensinou em suas ações quando na Terra (Lc 24.45-48)
"O nosso compromisso de cumprir a Grande Comissão de Evangelismo exige alcance mundial ao ministrarmos compaixão e preocupação com o estado terrível da humanidade, presa e escravizada no pecado, separada de Deus, condenada a perdição caso rejeite a Cristo como Senhor e Salvador".
I - Fomos comissionados com um mandato e uma mensagem (Jo 20.21-23). "Nós somos enviados não somente com o cerne da mensagem salvação; somos enviados para trazer o espírito desta verdade, que é o perdão de Deus ao homem através de Jesus Cristo".
J - O plano e promessa finais de Jesus (At 1.8) - recebemos primeiro a unção do Espírito Santo - o poder para agir - então, acharemos os perdidos e, com ousadia, proclamaremos Jesus como Filho de Deus.
K - O único caminho para a salvação (At 4.12) - não há outra autoridade, personalidade, sistema ou filosofia que possa resgatar a alma humana, exceto a fé pessoal em Jesus.
L - Cristo - a necessidade absoluta de todo ser humano (Rm 3.23). Uma leitura atenciosa na Palavra de Deus nos ajudará a perceber e reter a convicção de que toda a humanidade necessita desesperadamente do Evangelho de Cristo.
M - A necessidade absoluta de um mensageiro  (Rm 10.13-15). Alguém deve ser enviado para pregar, afim de que o povo ouça e venha a crer em Jesus como salvador.
N - O chamamento contínuo para ir além (2 Co 10.15,16). Deus chama seu povo para ir "além" da comunidade cristã e atingir pessoas em novas fronteiras.
O - O tempo da semeadura é durante a nossa vida (Gl 6.7,8). Uma vida governada por Deus garante a parceria com Deus nos resultados da Evangelização Local, Nacional e Mundial.
P - Destinados para a vitória (Ap 5.8-10). Trata-se do Triunfo Final da Grande Comissão em ação, quando povos inumeráveis reunirem-se junto ao Trono Eterno de Deus.

Sendo assim, é preciso evangelizar enquanto é tempo, de todos os modos que a Palavra de Deus nos convoca.

0





MARCHA PARA JESUS EM VASSOURAS/RJ

DIA 21/08/2010 A PARTIR DAS 16 HORAS

SAÍDA DA IGREJA METODISTA DO MADRUGA

ORGANIZAÇÃO: UPV - UNIDADE DE PASTORES DE VASSOURAS/RJ



PARTICIPAÇÃO DE TODAS AS IGREJAS E PASTORES/PASTORAS  DA UPV

NÃO DEIXE DE PARTICIPAR !!!

VAMOS DECLARAR QUE VASSOURAS É DO SENHOR JESUS!!!

0


Nos dias 12 a 15 de Agosto de 2010, o E.C. XV de Novembro em Vassouras/Rj tornou-se um lugar de adoração e manifestação do poder de Deus! . A atmosfera era espiritual. O preletor, Pr João Aguiar, deixou-se ser totalmente envolvido pelo Espírito Santo durante os quatro dias, e Deus usou poderosamente o mesmo, através da pregação da palavra de Deus, cura divina, revelação e batismo no Espírito Santo, e o mais importante: dezenas de almas se renderam ao Senhor Jesus Cristo! O último dia, domingo, Jesus batizou com Espírito Santo, pessoas foram curadas, e até paralíticos andaram para glória de Deus! Pessoas vomitaram enfermidades, familias foram impactadas, houve renovo espiritual. Os momentos finais foram marcados com louvores entoados pelo Pr Davi E. Pereira e pelo Pr João Aguiar e Deus realmente impactou Vassouras/RJ!

0

IV CRUZADA EVANGELISTICA VASSOURAS PARA CRISTO


DIAS 12 A 15 DE AGOSTO NO E. C. XV DE NOVEMBRO EM VASSOURAS/RJ A PARTIR DAS 19 HORAS


TESTEMUNHOS, LOUVORES, MILAGRES, MINISTRAÇÃO DA PALAVRA


PRELETOR: PR JOÃO AGUIAR/SP


CANTORES DA REGIÃO E DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO


COORDENAÇÃO: PR DAVID ELIAS PEREIRA

0



TEXTO BIBLICO: 1°. Reis 19.11a:
“E Deus lhe disse: Sai para fora, e põe-te neste monte perante o SENHOR.”

INTRODUÇÃO

Notamos que o profeta Elias era um homem de Deus, que possuía virtude de Deus em seus atos, já que Deus manifestava seu poder através da vida deste profeta.  Coisas tremendas marcaram seu ministério. Elias é comumente chamado de profeta do fogo, pois tamanha era a sua ousadia e autoridade profética. Mas como todo o homem é falho, mesmo aquele o qual Deus usa, capacita de forma extraordinária, Elias era sujeito as fraquezas humanas, pois só o Senhor é a Rocha firme que jamais se abala.

Elias fora o profeta que, como João Batista, com autoridade entregava á quem fosse o que Deus mandava entregar. Com sua boca, Deus falava ao rei Acabe, a farinha e o azeite da viúva de Sarepta foram milagrosamente multiplicados e seu filho ressuscitado(1 Rs 17.1; 1 Rs 18.14 1 Rs 21.18-24), e também, os 850 profetas de Asera e Baal foram desafiados e vencidos, pelo fogo do Senhor (1 Rs 18) e, fantasticamente, fora levado ao céu por carruagens de fogo, arrebatado, pois tamanha era sua intimidade e submissão á Deus (2 Rs 2.11). Como vimos, suas atividades ministeriais eram de tamanha expressão diante do povo de Israel. Mas, todos nós, muitas vezes, receamos o pior, esquecemos que somos guardados  por um Deus que tudo pode, tudo vê e não permite que seus filhos sejam abalados (Sl 121; 125). Elias, na verdade, serve de várias maneiras como exemplo do poder de Deus sobre a vida daquele que verdadeiramente se entrega ao serviço do Senhor. Deus exige que sejamos perseverantes, vigilantes, pois o Reino dEle é tomado a força (Mt 25
13; Mc 13.35-37; Mc 14.38).

1. A AMEAÇA LEVA AO MEDO E O MEDO A FUGA
Elias fora um profeta destemido, mas temeu quando fora ameaçado pela idólatra, feiticeira e perversa rainha Jezabel, que ensinava os israelitas a se prostituírem com os ídolos pagãos, Baal e Asera. Com acabe, Jezabel formou o casal de monarcas mais ímpios e perversos do que todos os que lhes antecederam no trono de Samaria em Israel (1 Rs 16.34).

No entanto, Elias, ao receber a mensagem, temeu e correu. E quantos não correm em nossos dias? Vemos missionários, pastores, obreiros e cristãos em geral, que são verdadeiras ferramentas nas mãos de Deus, mas por medo do fracasso, ou até mesmo devido a uma calúnia ou ameaças, fogem, se escondem, e até mesmo negam o Soberano Senhor e Salvador Jesus. O próprio Jesus afirma que a todo o que tem será dado, mas ao que não tem, será tomado (Lc 19.11). Deus nos chama para trabalharmos. Sua obra é espinhosa, apertada, mas Ele quer capacitar a todos os eleitos. Mas, como Deus capacitará jovens, anciãos, homens, mulheres que se escondem, mesmo tendo saúde, sabedoria e, principalmente, conhecimento da verdade.

2. ACHAR QUE FEZ MUITO SIGNIFICA DESANIMAR FRENTE AOS DESAFIOS

Elias realmente fez muito, fez tanto que, para ele, sua carreira ministerial já estava encerrada (1 Rs 19.4 b). Olhe bem, como nós, homens, somos fracos, mesmo com toda a força que opera em nossas vidas. Elias, devido a palavra de uma endemoninhada, fugiu para o deserto. Talvez, esquecera que Deus estava ao seu lado em todos os momentos, pois em vez de orar ao Senhor pediu a morte para si mesmo (1 Rs 19.4 a). O que temos feito? Será que, por Deus nos usar da maneira dEle, temos nós nos fatigado, enterrando nosso talento? Deus não se agrada de que se esconde, pois como Ele usará um ermitão, que vive escondido com medo da morte, dos problemas, das zombarias e perseguições? Nosso Senhor Jesus, quando ministrava em Israel, disse: “...não temais os que matam o corpo e depois nada mais podem fazer. Eu, porém, vos mostrarei a quem devei temer: Temei aquele que, depois de matar o corpo, tem poder para lançar no inferno” (Lc 12.4,5; Ap 1.18). Sabemos quem é Ele. Devemos a Ele, Jesus Cristo, verdadeiro Deus Vivo, nossas vidas, tudo o que somos e possuímos. Elias, talvez, temeu a vergonha de ser morto por uma rainha idolatra, mas Jesus foi além, pois Ele é o Filho de Deus. Muitos foram perseguidos, mortos, decapitados por amor ao Evangelho. Sejamos zelosos pelo bem que Deus tem nos outorgado. Usemos nossos talentos como se empregássemos em um outro com muito mais valor! Não olhemos para as circunstancias, anseios e temores dessa vida terrena, mas corramos a carreira que nos está proposta (1 Tm 4.14-16; 2 Tm 4.6,7). Talvez Elias tenha se frustrado, pois fez grandes feitos, e também milagres pelo poder de Deus, mas sua carreira ainda não estava encerrada – ele apenas estava fraco, com fome e sede espirituais. Quantas vezes não nos prostramos, e recusamos buscar o auxílio divino em meio a angustia, e escondemos-nos de nós mesmos? Devemos, antes de mais nada, lembrarmos que estamos em uma constante guerra espiritual, onde nossa luta não é contra a carne e o sangue, e sim contra os principados e potestades nos lugares celestiais (Ef 6.12), ou seja, nossa guerra é contra o diabo e demais demônios, que operam tentando destruir nossas vidas, levantando-se contra nós, eleitos de Deus em Cristo Jesus.
Elias conhecia Jesabel, mas, nunca imaginava que um dia fugiria de sua presença. Devemos estar preparados para qualquer ameaça e perseguição, não com armas humanas e palavras de medo e derrota, mas com toda a armadura de Deus, para ficarmos firmes contra as ciladas satânicas (Ef 6.10-12).

3. SAINDO DA CAVERNA
O segredo para sair da caverna é ouvir a voz de Deus e atendê-la de prontidão, jamais olhando para nossas limitações e atitudes humanas, mas antes, entregando tudo ao Pai, revestindo-nos assim de vestes novas, alimentando-nos do Pão Vivo que desceu do céu.
Muitos vão para a caverna com medo da guerra, mas soldado tem de guerrear, mesmo que sozinho tenha de enfrentar um exercito. Mas, quando tu pensas que estás sozinho, Deus lhe mostra Sua presença em sua vida, mostrando que ainda falta muita coisa para realizar, aprender e caminhar em sua carreira espiritual.
Deus dá força para caminhar (1 Rs 19.6), mas muitas vezes, deitamos, espreguiçamos, e isso com certeza não provém de Deus. Em nosso trabalho humano, o turno é de oito horas de jornada de trabalho, havendo geralmente entre uma e duas horas de intervalo para descanso, e, em muitas vezes, temos de fazer horas extras. E o tempo de Deus? E a obra de Deus? Já imaginou, se, de uma hora para outra, houvesse uma greve mundial em todas as empresas? Não podemos parar. “A seara é realmente grande, mas poucos são os ceifeiros” (Mt 9.37).
Nosso Salvador Jesus Cristo já sabia os problemas, as dificuldades que sua Igreja enfrentaria. Já imaginou, se, nos primórdios da Igreja Primitiva, os apóstolos e obreiros parassem devido a perseguições, e não eram perseguições familiares, vocabulárias ou só ameaças, mas perseguições de lançarem cristãos em meio aos leões para serem devorados, servindo de espetáculo, mas a fé na volta de Jesus Cristo para arrebatar seu povo era tão grande, que os leões podiam devorar seus corpos, mas não suas almas, que já estavam nas mãos do Senhor dos Senhores (Ap 6.9-11).
Será que, se agora, viessem tropas militares, e , nos interrogando, perguntassem a nós, se preferimos morrer por causa de Cristo, ou negar o nome de Jesus e nossa fé nEle, estaríamos preparados para morrer ou envergonharíamos a fé em Cristo, negando nosso Senhor? ( Mt 26, 39-75). Pedro, o apóstolo, estava com Jesus, mas não era convertido. Era batizado, mas vivia pela emoção, estava na caverna do orgulho, da soberba, do medo; foi até usado por Satanás (Mt 16.23), ao mesmo tempo que glorificava a Deus (Mt 16.18-19). Estão vendo? Viver com Deus não é apenas honrá-lo com os lábios, mas é adora-lo em espírito e em verdade (João 4.23,24).

CONCLUSÃO

É hora de orar, sem cessar, para que Deus nos prepare para realizarmos sua obra, pois a hora do fim é chegada. Mesmo que as tempestades, o fogo, a solidão nos aflija (1 Rs 19.11,12) e não conseguimos ouvir a voz de Deus, na bonança sua voz meiga e suave nos anima (1 Rs 19.12b), e nos pergunta o por que do medo! Se temos guardado o amor de Deus, se verdadeiramente cumprimos suas ordenanças, mesmo que o terremoto e o fogo nos abale, Jesus nos anima, nos ajuda, nos consola e nos envia como ovelhas ao matadouro, pois ainda há muita coisa para fazermos, há muitas almas dispersas, existem muitas potestades, muitas Jezabéis e Acabes para serem destronados e pisados, até que não possam nem ser reconhecidos (2 Rs 10.29-37). Deus é Deus! Mesmo que Satanás e todos os demônios se levantem com mentiras, calunias, ameaças, ele se levanta para ser esmagado , atropelado, reduzido a pó , pois você tem autoridade concedida por Jesus Cristo para isso ! (mt 10.8; Mc 16.15-18). Jesus quem lhe deu essa autoridade. Não é algo dado por homens, nem por seminários. Que possamos a cada dia, sair da caverna e envolvermos – nos na obra de Deus, realizando aquilo que o Senhor Jesus concedeu mediante o Espírito Santo a cada um. Não podemos enterrar os dons que Deus nos concedeu pelo Espírito Santo, mas praticar sua obra, usar os dons, segundo o quanto Deus tem nos entregue (1 Co 12.4-11).

SAI DA CAVERNA E DEIXA DEUS TE USAR EM NOME DE JESUS! 

0

Texto: Êxodo 2.23-25: E aconteceu, depois de muitos dias, que morrendo o rei do Egito, os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram; e o seu clamor subiu a Deus por causa de sua servidão. E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó; e viu Deus os filhos de Israel, e atentou Deus para a sua condição.

Introdução

A entrada dos hebreus no Egito se deu através da escravidão de José, que foi um propósito de Deus para sustentar Israel e seus filhos no período miserável que ocorreu naquele tempo, período de 7 anos de fome, já que José, após ter sofrido muitas aflições foi colocado como Governador do Egito. Porém, José morreu, o Faraó morreu, e passaram os anos, e o povo hebreu virou escravo. Aquele povo que antes era bem quisto pelos egipcios, tornara-se escravo, tendo de fazer tijolos. Torturados, eles eram subjugados, humilhados, maltratados. Mas eles clamaram devido a opressão, e Deus os ajudou, os atendeu. E você, qual a sua aflição? Estás clamando em meio às aflições como Israel ou já se acostumou a ser humilhado como escravo?

1. Somos afligidos pelas tentações a pecar
2. Somos afligidos pelas acusações do inimigo
3. Somos afligidos pela inveja
4. Somos afligidos pela perseguição
5. Somos afligidos por enfermidades
6. Somos afligidos pelo pecado
7. Somos afligidos na guerra espiritual

Deus nos ouve e nos livra das aflições quando:

1. Nos humilhamos reconhecendo que carecemos dEle
2. Oramos em nome de Jesus para que Ele trabalhe a nosso favor
3. Tomamos atitude de cristão, rejeitando o pecado, arrependendo-se dos erros, convertendo-se a Deus e se portando como soldados ao lado de Cristo, dispostos a enfrentar a guerra espiritual contra o diabo e o pecado
4. Quando em oração e súplicas, nos colocamos totalmente a disposição da vontade do Senhor

Conclusão

Deus concedeu a Jesus Cristo todo poder e autoridade na terra, nos céus e no inferno. Portanto clamando a Jesus é que obteremos libertação, livramentos, curas, milagres e é através de Jesus que um dia seremos levados deste cativeiro que é a terra, e seremos arrebatados transformados, glorificados e exaltados em Cristo Jesus para sempre. 



0

 O curso da EETAD que tem como coordenadores o casal  Irmã Marlene e Irmão Paulo Gomes, tendo como secretária a irmã Hade Lamar, nos agraciou com o convite de levarmos aos alunos do Curso Médio de Teologia da EETAD a palestra Despertamento Missionário, onde trabalhamos na temática de Missões Nacionais e locais, trazendo a conhecimento dos ouvintes tanto os dados da evangelização nacional, bem como a grande necessidade e desafio de alcançar mais de 150 milhões de almas ainda não convertidas. Além disto, destacou-se também o tópico religiões comparadas, onde falamos um pouco sobre o sincretismo religioso no Brasil e o alarmante e crescente crescimento do islamismo. Deixamos aqui os nossos sinceros agradecimentos a toda equipe da EETAD do Nucleo 0478, bem como ao amabilíssimo Pr Davi Elias Pereira, sempre envolvido na evangelização e causa missionária. O palestrante foi o irmão  Wallas Saraiva. A mesma teve a duração de aproximadamente 35 minutos, sendo bem explorada pelos atentos ouvintes.

0




Texto bíblico: Gn 32.24-30

Introdução

O homem, como ser social que é, mantém vários relacionamentos, seja  a nivel familiar, sentimental, profissional e mesmo em seu ciclo de amizade. Sendo assim, durante a vida do homem, este é participante de vários encontros, seja com uma pessoa apenas, com um grupo e mesmo com uma multidão. Quando o homem marca um encontro com alguém, este se prepara para que impressione, principalmente se tratante de um encontro com uma pessoa que é muito amada, ou numa entrevista de serviço. Ai o rapaz ou a moça coloca a melhor roupa, o melhor perfume, faz um penteado bonito, tudo para causar impacto e conquistar o objetivo do encontro. Jacó também se preparava para um encontro - com seu irmão Esaú, com o qual, anteriormente, quando ainda habitava na casa de seus pais, havia se desentendido devido ao engano provocado por Jacó e sua mãe, onde Isaque abençoou a Jacó pensando que era Esaú. A Biblia diz que Jacó durante sua vida continuou a errar. Fazia parte de seu curriculo mentira, engano, enfim, como um homem hodierno, buscava tirar vantagem em tudo. Seu caráter era marcado como um homem mentiroso, enganador, suplantador. Mas Jacó tinha promessa de Deus. Como 3º. patriarca, ele, mesmo tendo uma vida torta, era escolhido para ser pai da Nação, o Patriarca das 12 tribos. Agora, após sua trajetória junto à seu sogro Labão e suas mulheres, que eram filhas de Labão, Jacó se tornou próspero, e , sendo assim, iniciou sua peregirnação de volta para sua terra natal. Nesta volta, se reencontraria com seu irmão Esaú, do qual Jacó tomara a primogenitura no passado. No entanto, Jacó estava se preparando para o encontro com seu irmão, mas não imaginava que antes deste, ele se encontraria com Deus no vale de Jaboque. Se prepare, pois hoje há um encontro pessoal entre você e o Deus Todo Poderoso!

1) Antes do encontro, Jacó estava com estigmas

Caráter abalado, consequências do engano (labão também enganou Jacó, e assim, Jacó sentiu o desgosto de ser enganado, algo que ele estava acostumado a praticar, agora, como consequencia, ocorre com ele também)

Antes do encontro com Cristo, o homem está preso à vícios, ao pecado, adultério, drogas, está desacreditado, iludido com a vida terrena que tem por objetivo prazeres e resultados rápidos.

2) Para se encontrar, é preciso passar pelo Vale de Jaboque, ou seja, vencer os desafios

O vale era uma região que circundava o Ribeiro de Jaboque, um afluente do rio Jordão

Qual o vale que você precisa transpor para que sua vida seja transformada?

Tem você força para atravessar o vale ou estás fraco, doente, despreparado?

É no vale que Deus nos prepara para se encontrar com Ele

É preciso estar preparado

3) Peniel - O lugar da mudança

Em Peniel ocorrre uma teofania - Cristo se revela fisicamente antes da sua 1ª. vinda como 100% homem e 100% Deus a jacó

O homem após se encontrar com o Senhor Jesus Cristo tem sua vida transoformada

A luta de Jacó simboliza a necessidade de deixarmos o Poder de Deus prevalecer sobre nossos desejos, sobre nossas fraquezas, sobre nosso orgulho

Jacó é transformado em Israel - aquele que luta com Deus, ou seja, em Cristo tudo se faz novo, o homem tem uma nova chance de viver conforme o projeto traçado por Deus, que é o homem ser um adorador, servo de Deus em Jesus Cristo

4) Pessoas que tiveram um encontro com Deus e foram transformadas

Moisés encontrou com Deus na sarça e se transformou de fugitivo a libertador e Legioslador de Israel

Raabe se encontrou com os espias e teve sua vida e de toda sua família salva - de prostituta,  se tornou uma das matriarcas reais, a saber, de Davi, estando na linhagem genealógica de Jesus Cristo e se encontra na galeria dos heroís da fé (Hb 11.31)

Isaías de escriba de seu tio Uzias, se tornou o profeta Messiânico após seu encontro com Deus numa visão

Pedro, Thiago e João após o encontro com o Mestre Jesus Cristo , de pescadores foram transformado em ganhadores de almas, pescadores de homens

Saulo de Tarso, de perseguidor numero 1 da igreja primitiva, após o encontro com Jesus na estrada para Damasco se tornou em Paulo, o maior missionário depois de Jesus Cristo

5) O homem se encontrará com Cristo

Os alvos serão ressuscitados, transformados e arrebatados para encontrar Cristo Jesus nos ares e viverão na Eternidade com Jesus Cristo

Os perdidos, incrédulos, pecadores, ateus, serão julgados por Jesus por não terem crido, e serão lançados no inferno

É o encontro que você mais deseja?

Este encontro transformará nossas vidas, nossos corpos, nosso ser. Assim como Jacó, precisamos atravessar o Vale de Jaboque, a saber, a nossa vida atual, onde passamos lutas, provas, aflições, mas não podemos desistir - temos de cruzar este vale , esta vida até o fim, para um dia, estarmos preparados para o encontro com o Senhor Jesus!

Conclusão

É preciso lutarmos até o fim, para, como Jacó alcançarmos a promessa - o encontro com Cristo nos Ares. Muitos buscam encontrar o Senhor um dia, mas buscam de sua maneira, sem compromisso com a Palavra, vivendo uma vida de imundícia, pecado, devassidão, imoralidade, adultério, feitiçaria, idolatria, usura, avareza, mas estes, caso não estejam preparados para esse encontro, de fato, se encontrarão com Jesus Cristo, mas não como o Salvador e Rei, mas como Juiz, o qual julgará a todos os provos, tribos, nações e a cada perdido individualmente. Se hoje, você lendo esta mensagem, entende que é hora de se consertar com Deus, esse é o momento - permita que Jesus Cristo, através do Espírito Santo, transforme você num novo ser.