5

Basta ligar a TV em um dos canais abertos nos quais a Igreja Mundial do Poder de Deus possui espaço e constataremos o ocorrido. os moradores de São Paulo podem ver ao vivo e em cores esta situação no Brás - de um "templo" fechado. Mas analisando bem a situação, existe o lado bom da coisa. Ao fechar, interditar a Igreja Mundial, os oficiais da prefeitura paulistana ajudam até mesmo a própria denominação e seus ministros, já que é uma ação visando não perseguir religião, mas tão somente prover segurança aos cidadãos que utilizam o espaço físico para as reuniões serem realizadas. É melhor fechar provisoriamente um templo, e, em seguida, o reformar, dando segurança aos frequentadores e membros, do que mante-lo aberto, e, em seguida, estar sujeito a ocorrer danos irreversíveis, como desabamento seguido de feridos e mortes, algo que se ocorrer, aí sim, vai haver problema de verdade. Ao ter o templo interditado, Valdemiro realizou um culto no Canindé, estádio da Associação Portuguesa de Desportos, clube carinhosamente chamado de Lusa, lá mesmo em São Paulo. Neste culto, Valdemiro expôs que até mesmo equipes do trânsito da marginal Tietê o perseguiram, inclusive o ameaçando de prisão. Citou políticos também, mantendo a ética sem enunciar nomes , vulgos ou partidos. Eu não moro em São Paulo, fico triste com a situação, até porque sei que para os cristãos tudo é mais dificil. A situação de fato requer aceitação por parte dos líderes da Mundial, mas requer também senso por parte de cristãos de diferentes denominações. E se fosse o templo onde você congrega que fosse fechado? Bem, não estou defendendo A ou B, apenas quero dizer que foi bom para as duas partes. ganha a prefeitura, que protege os cidadãos de riscos (e existem antecedentes, lembram da Renascer e do desabamento do teto?), e ganha a Igreja Mundial, que agora poderá reparar seu templo e após continuar a pregar o Evangelho. No entanto, tenho colocações a serem feitas. Por que certos templos, terreiros, barracões religiosos que não apresentam mínima condição de higiene para a realização de rituais não são interdidatos? Por que a fiscalização não faz o mesmo serviço em locais onde seres humanos são obrigados a beberem e comerem alimentos podres, e mesmo sangue de animais para deste modo realizarem rituais religiosos? Se a Lei serve para um, deveria servir para todos.

3

Muitas pessoas têm professado serem cristãos nos nossos dias, mas com uma postura muito distorcida em relação ao significado da fé.
Também, muitos falsos pastores, doutrinadores e pseudo- avivalistas têm procurado enganar o povo gospel, pelo misticismo vil.
A verdade da Palavra de Deus tem sido pervertida pela mitologia, citando heresias ocultas em meias-verdades, ocasionando um cristianismo de aparência que não traz a real percepção de Deus.
Essa teologia artificial e temporária traz consigo doutrinas aberrantes, misturando a verdade com uma cultura imaginária, procurando substituir o cristianismo centrado em Cristo, pela idolatria gospel.
Há muita gente sincera enganada pelo fingimento de falsos líderes, ocasionando uma verdadeira epidemia de confusão nas igrejas.
Há vários desviados,afastados,entristecidos e feridos dentro e fora do ambiente eclesial por causa de maus-tratos e exploração.
Precisamos desmascarar os falsos mestres que transformam a verdade em mitos e propor soluções para a crise da fé cristã atual.
Conceitos metafísicos de ações da mente são sugeridos como substância para falsos avivamentos pentecostais, através de textos distorcidos e milagres forjados de “cristos artificiais”, em que o tipo de fé representa o tipo de deus que diz que confissão atrai posse de bens.
A filosofia do “receber segue o ato de dar” não reaviva, restaura ou valoriza Cristo; os falsários apenas apontam para as escrituras,”produzem milagres”,operando a bandeira”Jesus é o Real”!
O misticismo desorganizado utiliza o marketing de revelações adicionais deslocando os fiéis da doutrina fundamental, relegando a virtude da fé a 2º plano, fazendo com que a própria formação da fé, a natureza de Deus e a expiação de Cristo na cruz sejam deturpados.
Utilizam um estilo clássico de palavras com traduções originais errôneas e frases de memorização e impacto para conceituar uma fé cujo modo de aplicação leve as pessoas a necessitarem de amuletos.
Endeusam homens, rebaixam a Deus, enaltecem satanás como ator fundamental e diminuem o senhorio de Cristo;sempre são os “homens de deus,pastores ungidos” da denominação que expulsam o diabo que sempre volta,para sofrer e depois pedem muito dinheiro.
A cruz é recriada nos altares e o Jesus dessa trama parece estar trancado no inferno debaixo do poder do diabo, mas aparentemente ”reencarna” na figura do emissário do púlpito “ungido”que palestra.
Essas”empresas de fé”invadem todos os contextos culturais, usando de chantagem e extorsão, querendo fazer sócios e mediar acordos entre o jesus deles, o diabo em fuga e os pobres ouvintes incautos.
Usam significados esotéricos e místicos com textos bíblicos modificados fora do contexto da interpretação fiel da Bíblia, afirmando que os males causados por satanás serão expulsos por eles e os pecados da miséria e da pobreza serão extirpados pela soberania espiritual.
Oram, usam a Bíblia, têm templos parecidos com congregações cristãs, mas seus conceitos de fé não são baseados na doutrina de Cristo conforme a Bíblia prega; sua demonstração de fé é pagã e obscura com mitras e frases feitas e seu propósito é apenas financeiro.
O resultado disso é que as vidas são enganadas e sua teologia distorcida e antibíblica bloqueia o discernimento do ser humano a Deus.
São seitas ocultistas que pregam um tipo de ateísmo encapado de saúde, sucesso e vida abundante somente para os falsos obreiros.
O conhecimento parcial bíblico desses obreiros origina uma concordância com o mundo e uma falsa confiança do mundo para com a igreja de Jesus, pois suas promessas falham, o cumprimento não é pleno e se verificarmos na íntegra, há um verdadeiro teatro oculto.
Um texto isolado de uma tradução antiga, arrancado do contexto não favorece aos leitores uma impressão segura da percepção mental do firme fundamento de Deus que originou aquela situação bíblica.
A direção correta do conhecimento de Deus é do visível para o invisível, do presente para o futuro e do que é temporal para o eterno.
O resultado mortífero é que para os enganados e roubados encontrarem de volta o caminho à verdadeira fé bíblica será quase impossível para quem foi deixado solitário sem saber em quem confiar.
Essa doutrina financeira miserável desloca Deus para a posição de um mero mensageiro; a adoração é substituída pela mera petição e a oração é substituída por fórmulas mágicas de ter o que o EGO quer.
Dizem “DIGA”,”FAÇA” e “RECEBA”, como que tudo dependesse apenas do contribuinte que de acordo com os seus atos, receberia ou não a “bênção”,que competeria só aos obreiros a ligação aos céus.
Falsos pastores deturpam o sentido claro das escrituras, usando fórmulas artificiais ilegítimas, afastando as almas para longe do Senhor.
Profetizam mentiras, enganos do coração,furtando as palavras de Deus, pois não foram enviados,ordenados nem são proveitosos.
Dizem que se você visualizar o que precisa e basear-se nas escrituras, pode determinar e fazer existir o que você quer; o poder de criar a realidade não está dentro das pessoas como se fossem Deus.
As palavras humanas não são imbuídas de poder criativo que agem no mundo real, pois a única palavra de poder é a vinda de Deus!
A fé não é crer no que se vale como visão para se fazer existir o que se deseja; fé é o firme fundamento das coisas que não se vêem.
Cuidado com as ciências mentais metafísicas, movimento da nova Era oriundas de grupos neo-pagãos, feiticeiros e oportunistas ladrões.
Só Deus é onipresente, onisciente e onipotente; os homens, não!
Se você estiver nessa enrolada, vai fracassar e se cansar de esperar, cheio de expectativa pela saúde e riqueza que não chegará.
Depois, vai se desesperar, se afastar da fé, ficar irado com Deus ou então, viver com complexo de inferioridade por não ter sido ”escolhido”e pode ser que até acabe acreditando em novas mentiras dos púlpitos, mas quando acabar teus recursos, serás trocado por outros que virão encher as malas e sacolas de dinheiro aos infiéis.
Jesus foi crucificado e os apóstolos assassinados; só João viveu, após colocado em óleo fervente;sobreviveu para escrever o Apocalipse.
Discirna que há pastores sérios,honestos e igrejas preocupadas com o destino das almas; é dever do cristão manter a Obra de Deus, mas com amor e liberdade! Jesus tem poder de fazer tudo, mas Ele é o Senhor e devemos ser servos, esperando Ele voltar para sua Seara!

Pastor Evangelista Darlan Lima
Assembléia de Deus Canaã
Fortaleza-Ceará
pastordarlan@bol.com.br
pastordarlan@hotmail.com.br

1

Esse domingo poderá proporcionar muita alegria aos milhões de brasileiros que torcem por clubes que disputam o título nacional. Porém, infelizmente, muitos destes, movidos pelo fanatismo, como um homem-bomba, estão dispostos a morrer e matar em nome de seu clube. A polícia brasileira tenta conter, mas muitas vezes é tarde demais, e acaba por não conseguir dar proteção aqueles que apenas estão ali no estádio para assistir a partida. Um acontecimento que era para ser sinônimo de lazer, transforma-se em um ringue, onde os lutadores são torcedores movidos pelo fanatismo. Então fica a pergunta: vale apenas assistir um jogo em um estádio? Vale, mas infelizmente isso tem se tornado um  risco a integridade física do torcedor, como também de sua própria vida ser ameaçada. Portanto, caso você hoje vá se dirigir a uma dessas praças de esportes onde esteja sendo palco de um jogo que pode decidir o campeonato brasileiro, tome cuidado!!

0



...sem preconceitos e sem respeito nenhum a Deus e a Sua Sacrossanta e Inerrante Palavra




"E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro" (Apocalipse 22.19)


E aí, você vai querer mudar algo do LIVRO  também??


1





Diante das falácias ouvidas por supostos "pastores" em debates radiofônicos, não poderei deixar de falar sobre a maior desculpa existente entre defensores da homoafetividade, o termo "eunuco". Mas afinal de contas, o que é um eunuco??
Talvez as passagens mais conhecidas que se referem a eunucos sejam as existentes em Mateus 19.12 e Atos 8.27-39. Mas o que de fato é um eunuco na ótica bíblica?


"A palavra eunuco (em hebraico sãrïs) é derivada de um termo assirio que significa "aquele que é cabeça", ou "o braço direito". No Novo Testamento, o vocábulo grego eunouchos, é uma derivação de eunen echo, que pode significar conservar o leito ou manter a padrão. Nos escritos de Heródoto aprendemos que nos países orientais os eunucos eram contratados especialmente para tomar conta dos haréns dos monarcas, sendo, entretanto, reputados como dignos de confiança em todos os sentidos. Em todos os casos, a palavra refere-se a pessoas da mais alta confiança do rei e pode ser usado no sentido de: oficial da corte ou castrado. Em Atos 8.27 ambos os sentidos estão em foco. Aqui, porém, a expressão original é clara e refere-se ao homem castrado. O judaísmo conhecia apenas duas categorias de eunucos: Os feitos pelo homem (em hebraico, saris adham) e aqueles que nasceram congenitalmente incapazes ou sem libido (instintos e desejos sexuais) chamados de "natural" ou "eunucos do sol"(em hebraico saris hamma). Jesus usou uma metáfora para mostrar o radicalismo do amor: na união com Deus e com o próximo, na aliança do matrimônio e no ministério cristão. Jesus surpreende seus inquiridores com uma terceira classe de eunucos: os celibatários, aqueles que, de forma livre e espontânea sacrificaram seus desejos naturais e legítimos por amor ao Senhor e para melhor e maior dedicação ao Reino de Deus. Em nenhum momento Jesus defendeu o asceticismo (doutrina dos primeiros séculosque exigia dos líderes cristãos a total abstinência sexual e punia severamente os pensamentos impuros). Jesus e Paulo (dois celibatários) deixam claro que não é necessário que um homem ou uma mulher se privem do casamento para serem bons obreiros ou líderes espirituais da Igreja de Cristo, isso é dom de Deus; e, portanto, é graça e não maldição. Pessoas com esse dom devem ser orientadas a dedicar-se exclusivamente ao Senhor e à Igreja; caso contrário, Satanás poderá se aproveitar disso e tentar recrutá-las para servir ao reino do mal (1 Co 7.7,8,26,32-35). Orígenes, um dos pais da Igreja do séc. II, interpretando erradamente essa palavra de Jesus, entendendo-a de forma literal, mutilou-se a si mesmo" (Biblia de Estudos King James).


Jesus falou sobre o celibato, ou seja, o ato de a pessoa se entregar totalmente ao serviço cristão, abrindo mão inclusive de um relacionamento matrimonial, já que se dedicará totalmente ao Senhor. Sendo assim, ela se torna eunuco para o Reino de Deus, ou seja, alguém totalmente dedicado aos serviços da Igreja e do povo de Deus, e não um indivíduo que vive e pratica atos contra a Palavra de Deus.


Uma das coisas que irritam é quando ouço que eunucos eram homossexuais. Onde diz isso, se eunucos não possuíam desejos sexuais, sendo, inclusive, colocados na guarda dos haréns, onde ficavam concubinas de reis? na verdade, quando o erro existe, e é alimentado pelo desejo desenfreado de o homem comete-lo buscando justificá-lo ou desculpá-lo, tudo vale, inclusive tentar mudar a Biblia. Mas ainda existem homens e mulheres de Deus compromissados com a Palavra de Deus, que não se rendem aos sofismos e engodos de certos grupos.